Já saiu O Militante de Janeiro
Leitura imprescindível

Image 9451

Está à venda a partir de hoje a edição de Janeiro/Fevereiro da revista O Militante que tem na capa uma fotografia da greve geral de 24 de Novembro, afirmando tratar-se do Ponto Alto de uma Luta que Continua. Lá dentro, o tema tem continuação num texto de Armando Farias, do Conselho Nacional da CGTP-IN, intitulado Greve geral – Uma vitória que abre caminho à intensificação da luta. Relacionado com este assunto está ainda o texto de abertura, intitulado Diversificar e intensificar a luta – Ampliar as fileiras do Partido.

Na secção «Organização», Armindo Miranda, da Comissão Política, analisa a VII Assembleia da Organização Regional de Lisboa do PCP, destacando dela um ponto específico: O local de trabalho, centro de intervenção dos comunistas. António Magrinho escreve sobre a Autoeuropa, experiências de uma célula de empresa. Ana Pato, do CC, aborda o tema Lénine e as tarefas de propaganda, contribuições para a intervenção do PCP. Manuela Bernardino, do Secretariado, analisa O PCP e a evolução mundial.

A propósito do Orçamento do Estado – A ofensiva e a resposta , de Bernardino Soares, da Comissão Política, e Rejeitar o pacto de agressão, Defender o poder local, de Jorge Cordeiro, dos organismos executivos, preenchem a secção «Actualidade». O «Tema» desta edição é também bastante actual, com Américo Nunes a escrever sobre A questão do horário de trabalho – a actualidade de Marx.

Tiago Vieira, do CC, assina um artigo intitulado 18.ª Assembleia da FMJD, um grande êxito a estimular avanços na luta e Maurício Miguel, na secção «União Europeia», escreve Defender a Soberania, questão determinante para o futuro do País.

Em «Economia», Vicente Merendas assina Os micro, pequenos e médios empresários na luta contra o pacto de agressão e Pedro Carvalho Por uma política de justiça fiscal. A secção «Internacional» é preenchida com a publicação da intervenção do PCP no 13.º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários, recentemente realizado em Atenas, na Grécia. É ainda publicado nesta edição o comunicado do Comité Central de 8 de Dezembro.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: