França
Milhares contra despedimentos

Respondendo à convocatória de uma plataforma que agrupa mais de 25 organizações, milhares de franceses protestaram, sábado, contra a supressão de cerca de 16 mil postos de trabalho no sector da educação.

Dezenas de manifestações e concentrações ocorreram em várias cidades do país, mostrando o repúdio dos agentes educativos para com uma medida que obriga à contratação de apenas um funcionário por cada dois que se reformam.

No total, e de acordo com dados do governo, serão quase nove mil professores e docentes a menos nas escolas primárias, 4800 nos colégios e liceus, e 1400 nas instituições privadas e cooperativas, cenário que contrasta com a previsão de um mínimo de 60 mil novos alunos no sector público.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: