Nova greve na <i>Airways</i>

O pessoal de cabine da companhia aérea britânica British Airways decidiu voltar a paralisar em protesto contra a recusa da administração em ceder às reivindicações laborais. Mais de 78 por cento dos trabalhadores aprovaram a convocação de novas greves com o objectivo de obrigar a empresa a negociar, isto depois de três jornadas de luta semelhantes realizadas em 2010.

A decisão dos trabalhadores surgiu no mesmo dia em que a British Airways concluiu o processo de fusão com a espanhola Ibéria, criando a segunda maior companhia aérea da Europa.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: