Promessas à Obama

O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou, na segunda-feira, 2, a «retirada total» das tropas de combate norte-americanas do Iraque no final do mês, «como prometido e a horas».

Porém, o «cumprimento» desta promessa pessoal é apenas aparente e destinado a fins de propaganda, dado que não significa o fim da presença militar norte-americana naquele país.

«A verdade é que ainda não vimos o fim do sacrifício americano no Iraque», disse Obama durante a convenção dos veteranos com deficiência, acrescentando que «o nosso compromisso no Iraque está a mudar, de um esforço militar realizado pelas nossas tropas para um esforço civil feito pelos nossos diplomatas.»

Durante esta «transição», pelo menos 50 mil militares permanecerão no Iraque com a missão de treinar e aconselhar as forças de segurança iraquianas, podendo igualmente envolver-se em missões de combate.



 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: