Breves
AVEIRO
Plano de Emergência

O plenário da Assembleia da República rejeitou, na quinta-feira, 24 de Junho, com os votos contra do PS e a abstenção do PSD e CDS, o Plano de Emergência Social para o Distrito de Aveiro apresentado pelo PCP.

Deste Plano de Emergência constavam doze pontos específicos que, segundo a Direcção da Organização Regional de Aveiro do PCP, tinham por objectivo minorar os efeitos da crise que afecta particularmente aquele distrito, onde o desemprego ronda, conforme dados oficiais, os 11% (mais de 13% em números reais) e onde diariamente se assiste ao desaparecimento da sua micro, pequena e média indústria, agricultura e pesca.

Assim, aos muitos «méritos» deste Plano há que acrescentar um outro, mas este «triste», diz o PCP: o da «clarificação e separação políticas entre os diversos partidos».


BARREIRO
Urgências de Pediatria

«Valeu a pena lutar!», afirma a Comissão Concelhia do Barreiro do PCP face ao recuo do Governo PS quanto à sua intenção de acabar com o funcionamento das Urgências do Serviço de Pediatria ao longo das 24 horas do dia.

De facto, foi a luta que impediu a concretização desta intenção do Governo, que teria posto em causa o direito constitucional do acesso à saúde das populações e deixaria em risco a vida das crianças, lembra a Concelhia do PCP, saudando a Coordenadora e a Comissão de Utentes, as populações e os autarcas presentes da vigília realizada, no dia 14 de Junho, à porta do Hospital do Barreiro. E a verdade também, prossegue, é que o Governo do PS e os seus aliados de direita, PSD e CDS, procuram diminuir as despesas do Estado através da subversão do Serviço Nacional de Saúde (beneficiando as empresas privadas) e do uso do «dinheiro dos contribuintes para fins contrários às necessidades das populações».


ALMODÔVAR
Em defesa dos serviços públicos

O Governo decidiu fechar, a partir de hoje, o Serviço de Atendimento Complementar (Urgências) do Centro de Saúde de Almodôvar e prepara-se para encerrar, a partir de Setembro, no início do novo ano lectivo, seis escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico, designadamente em Aldeia dos Fernandes, Semblana, Telhada, Gomes Aires, Rosário e Santa Clara-a-Nova.

A Comissão Concelhia de Almodôvar do PCP, que apelida estas medidas de «desumanas», insere-as nas políticas de direita que o PS e o PSD têm levado à prática ao arrepio dos interesses dos trabalhadores e das populações. Políticas, diz, que marginalizam a região e o interior do País e que, aliadas agora ao PEC, aumentam a pobreza e aprofundam a desertificação, as injustiças e as desigualdades, tornando a vida dos trabalhadores e do povo ainda mais difícil.

Indignado, pois, o PCP apela aos democratas, aos trabalhadores e a toda a população para que lute com firmeza contra o encerramento das Urgências do Centro de Saúde de Almodôvar e das seis escolas do Concelho.


FESTA DO AVANTE!
Compra já a tua EP

Está já à venda a EP para a Festa do Avante!, que este ano se realiza nos dias 3, 4 e 5 de Setembro. Este título de solidariedade, se for adquirido até ao dia 2 de Setembro, custa 19,50 euros.

Nota: Prevemos para a próxima edição do nosso jornal a inclusão de um destacável sobre o espectáculo de sexta-feira da Festa do Avante!.