- Edição Nº1877  -  19-11-2009

Celebrar Outubro

Prosseguem por todo o País as comemorações do 92.º aniversário da Revolução Socialista de Outubro. No fim-de-semana, na freguesia de Belinho, em Esposende, realizou-se um jantar comemorativo, que contou com a presença de dezenas de pessoas. A iniciativa foi aproveitada para celebrar os bons resultados alcançado no concelho de Esposende nos três actos eleitorais realizados este ano, nomeadamente nas eleições autárquicas.
Manuela Bernardino, do Secretariado do Comité Central e responsável pela Secção Internacional do Partido, abordou o significado histórico da Revolução de Outubro, os seus avanços e também as dramáticas consequências das derrotas do socialismo no Leste da Europa. Manuel Carvoeiro, eleito na Assembleia Municipal de Esposende, ficou encarregue de comentar os resultados eleitorais e as perspectivas que abre ao trabalho do Partido no concelho.
Na semana anterior, em Matosinhos, 170 militantes e simpatizantes do Partido encheram a transbordar a cantina da Escola EBJI da Barranha para celebrar os 92 anos da Revolução de Outubro. Coube a Paulo Raimundo, da Comissão Política, falar sobre o significado desta data maior da história do século XX e um dos mais significativos processos da história da Humanidade.
Com este jantar, a Comissão Concelhia de Matosinhos do PCP pretendeu sublinhar a actualidade do ideal e do projecto comunista para o nosso País, aproximar no convívio e na confraternização aqueles que sentem a alegria, o orgulho e o reconhecimento pelo papel dos revolucionários russos na construção de uma sociedade nova, na construção do socialismo. A Revolução de Outubro, consideram os comunistas daquele concelho do distrito do Porto, marcou o início de um século feito de combates pelos direitos dos trabalhadores e povos, pelas liberdades democráticas, e por legítimas aspirações nacionais, sempre apoiadas pela União Soviética.