Concentração desmarcada na </em>Portugália</em>
O Sitava/CGTP-IN decididu, dia 21, desconvocar a concentração de trabalhadores da Portugália que tinha agendada para o dia seguinte, porque tinha a expectativa de ser possível o diálogo com vista à manutenção dos 300 empregos, em risco com a compra da empresa pela TAP. Segundo um comunicado do Sindicato dos Trabalhadores de Aviação e Aeroportos, na reunião, a administração da PGA terá garantido que todos os trabalhadores serão integrados na TAP e manterão todos os direitos que têm na PGA, incluíndo os de antiguidade. No encontro, a administração admitiu que o modo como os funcionários foram contactados - recordamos que a alguns foi proposto emprego na TAP com perdas salariais relativas à antiguidade na PGA - «não era o mais digno».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: