Breves
«Estilo centralista»
A CDU abandonou, na passada semana, os pelouros que lhe foram atribuídos no Executivo da Junta de Freguesia de Ramalde, Porto, denunciando o «estilo centralista» do presidente da autarquia, Manuel Maio, do CDS-PP.
«Apesar de diversas tentativas realizadas pelos eleitos da CDU, no sentido de ser implementado o acordo, este objectivo tem-se deparado permanentemente com obstáculos, adiamentos e interferências na autonomia do trabalho e decisão do pelouro atribuído», esclarece, em nota de imprensa, a CDU, acusando o Executivo de «marginalização» do vogal da Cultura e Educação.

«Dar a volta»
A Câmara do Seixal volta a promover, até ao final de Agosto, um projecto de reutilização de manuais escolares, intitulado «Dar a volta», que em 2006 permitiu a reutilização de 407 livros para aprendizagem em contexto escolar. O projecto tem como objectivo facilitar o acesso a todos de livros escolares que já não são necessários e que podem ser reaproveitados e reutilizados.


Ausência de estratégia
O Mercado Manuel Firmino, embora inacabado, abriu, este mês, as suas portas. Em nota de imprensa, a Associação da Lavoura do Distrito de Aveiro (ALDA) manifestou «grande preocupação» quanto ao futuro dos agricultores e pequenos comerciantes vendedores do Mercado de Santiago.
«A opção da actual maioria foi a de esvaziar o Mercado de Santiago, puxando comerciantes daí para o novo mercado Manuel Firmino, e de não permitir aos pequenos produtores a venda no novo mercado, sendo que estes sempre foram uma fonte de atracção de clientes, pela qualidade dos seus produtos e pelos preços praticados», esclarece a ALDA.

Degradação do espaço
Os eleitos da CDU visitaram, dia 16 de Junho, os locais abandonados e degradados em Alfragide. Em causa está o crescimento, nas traseiras das suas casas, de mato e capim, a falta de cuidado no desbaste de árvores, o aparecimento de lixo, redes completamente derrubadas e todas enferrujadas.
«Por mais que os moradores tenham feito queixas, reclamações, petições, alertas, avisos à Câmara da Amadora, a verdade é que nada comoveu os responsáveis políticos até hoje», afirma a CDU da Amadora, sublinhando que «é altura de dizer “basta!”» à degradação do espaço público.


Atitude reprovável
A CDU de Alenquer vai pedir uma inspecção à viabilização camarária do projecto de um estaleiro para uma aldeia que foi inicialmente chumbado e mais tarde aprovado, após ter a assinatura de um vereador da autarquia.
«Desde que a pretensão de construir um estaleiro para reparação de máquinas e depósito de sucatas em Cheganças foi pela primeira vez à Câmara, e foi chumbada, até à reunião em que foi aprovada a única alteração foi que passou a ser assinado pelo arquitecto Nuno Coelho, vereador da “Coligação Pela Nossa Terra”», disse Rogério Silva, eleito pela CDU na Assembleia Municipal de Alenquer.
«Olhamos para isto com muita estranheza e consideramos que do ponto de vista ético e moral é reprovável», assinalou Rogério Silva.

Conhecer problemas
No âmbito do trabalho desenvolvido, a CDU de Sintra está a realizar um ciclo de visitas aos centros de saúde do concelho. Hoje, quinta-feira os eleitos do PCP visitarão o Centro de Saúde de Sintra, a Extensão do Centro de Saúde de Colares e de Várzea de Sintra. Amanhã, sexta-feira, às 10h00, os eleitos do PCP visitarão o Centro de Saúde de Rio de Mouro.

Eleições intercalares em Medas
A CDU já entregou no Tribunal da Comarca de Gondomar a sua candidatura à eleição intercalar para a Assembleia de Freguesia deMedas. «Os homens, mulheres e jovens que integram a lista da CDU conhecem bem a freguesia e os seus problemas, pelo que podem dar um importante contributo para acabar com o marasmo em que tem estado mergulhada», destaca a coligação.
Elaborar «um plano de pormenor para a Lagoa de Pombal e margens adjacentes do rio Douro», «revisão do PDM, que alargue as zonas residenciais e preveja a criação de uma zona industrial» e defender «os valores ambientais de Medas», são algumas das propostas da CDU.