Dias Coelho evocado na Covilhã
No belíssimo enquadramento do Salão dos Continentes, situado no Centro de Trabalho do PCP, na Covilhã, e inserida nas comemorações da Revolução de Abril, inaugurou-se no passado domingo, dia 22, a Exposição sobre a vida e obra de José Dias Coelho, bem como a apresentação da última edição do seu livro «A Resistência em Portugal». Perante uma audiência atenta e comovida, Margarida Tengarrinha referiu a actualidade da obra, nestes dias em que se assiste a uma campanha de branqueamento da ditadura fascista que durante 48 anos oprimiu o povo português, tendo salientado o papel de vanguarda do PCP na luta contra o regime de terror que teve em Salazar o seu expoente máximo. A exposição sobre Dias Coelho, que morreu assassinado pela PIDE em 1961, termina hoje às 22 horas.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: