Autoeuropa
«Depois das afirmações, surgem as interrogações» acerca dos investimentos recentemente anunciados pela Volkswagen na Autoeuropa – alerta o boletim O Faísca, editado pela célula do PCP na empresa. Os 500 milhões de euros, a serem investidos nos próximos cinco anos, devem reflectir-se positivamente nas condições salariais e sociais de todos os trabalhadores, defendem os comunistas, repudiando os recados da VW ao Governo, sobre a necessidade de mudar a legislação laboral, o que acresceria às contrapartidas já garantidas e aos sacrifícios já exigidos aos operários.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: