- Edição Nº1723  -  7-12-2006

Professores repudiam a instabilidade

A Frente de Trabalho dos Professores e Educadores Contratados e Desempregados, que funciona do quadro do Sindicato dos Professores da Grande Lisboa, SPGL/CGTP-IN, promoveu, anteontem, uma concentração frente ao Ministério da Educação (ME), em repúdio pela actuação da tutela, que presenteou «milhares de professores contratados com maior instabilidade no emprego» e despediu outros milhares.
Para ontem, a Fenprof tinha marcada nova reunião com o ME, para discutir o novo regime de contratação. O ME pretende que as escolas passem a poder contratar directamente, através de contratos individuais, acabando como o regime de colocações cíclicas, tornando «ainda mais precária a situação dos docentes contratados», acusou a federação sindical.