Contra privatização da água de Estremoz
O Sindicato dos Trabalhadores da Administração Local (STAL) está a promover esta semana, em Estremoz, uma campanha de esclarecimento, protesto e mobilização contra a pretensão da Câmara Municipal de privatizar a água.
«A água não pode ser uma mercadoria. Este produto essencial à vida humana tem de ser um serviço público, de qualidade e não um negócio para alguns. Se reconhecemos a necessidade de um forte investimento nesta área, também entendemos outras soluções sem ser a privatização», defende o STAL.
O sindicato protesta contra o facto de este processo estar a decorrer nas suas costas e pergunta: «A concretizar-se a privatização, o que vai ser feito do pessoal do serviço das águas?»


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: