CDU visita Quinta do Conde
Governo prejudica população
A CDU de Sesimbra realizou na passada semana uma visita à freguesia da Quinta do Conde para se inteirar dos problemas existentes naquela vila. Esta iniciativa contou com a participação dos vereadores do PCP na Câmara Municipal e dos eleitos comunistas na Assembleia Municipal e Assembleia de Freguesia local.
A visita começou com a distribuição, no mercado municipal, de um comunicado onde se valoriza o papel dos comunistas na defesa da ligação ferroviária entre Lisboa a Setúbal. No entanto, segundo uma nota enviada ao Avante!, para que a população da Quinta do Conde venha de facto a usufruir deste benefício, é urgente que a proposta do vereador do PCP, Augusto Pólvora, aprovada por unanimidade e remetida em Maio de 2004, se concretize o mais rapidamente possível, ou seja, «que a REFER construa a Rotunda na Zona de Vila Alegre, com o objectivo de melhorar a fluidez do trânsito na estrada do Grilo/Coina, bem como a ligação da Rua Luís de Camões (Quinta do Conde) à estrada do Marco do Grilo/Coina».
A par destas obras urgentes, «há ainda que assegurar uma perfeita complementaridade de transportes rodoviários, criar ou adequar os actuais interfaces e terminais multi-modais, sem esquecer que no plano de mobilidade a construção da 3.ª travessia do Tejo (Barreiro/Chelas) assume grande importância», sublinham, no documento, os eleitos do PCP.
Na parte da manhã, a delegação comunista constatou ainda que existem na freguesia vários terrenos destinados a equipamentos públicos, como é o caso do centro de saúde, da nova escola básica integrada, do quartel para a GNR, entre outros, e que, por culpa do Governo, ainda não se edificaram. «Constata-se assim que na Quinta do Conde a construção de um vasto conjunto de equipamentos para serviço público tem merecido a maior indiferença do Governo, contrastando com a frenética actividade do PSD local, que com uma lupa procura atribuir responsabilidades à Câmara Municipal, esquecendo-se que é o seu o seu Governo que cabe essa competência e que os seus deputados, com a maioria do Parlamento, tem impedido a sua concretização», denunciam os autarcas.
Da parte da tarde, os eleitos comunistas discutiram e apreciaram o resultado da auscultação pública do Plano de Urbanização da Quinta do Conde, que decorreu entre Abril e Maio, da responsabilidade do pelouro do vereador comunista, Augusto Pólvora.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: