Fim ao bloqueio cubano
A Comissão Portuguesa para a Libertação dos Cinco Patriotas Cubanos está a realizar um abaixo-assinado exigindo «o fim do bloqueio a Cuba e o respeito pela Carta das Nações Unidas». Recorde-se que o povo cubano sofre, há mais de 40 anos, as consequências do bloqueio ilegal imposto pelos EUA, à revelia das disposições da Carta das Noções Unidas e do Direito internacional, com o objectivo de tentar submeter à sua vontade aquele país, livre e independente, que nunca se deixou subordinar aos intuitos da sua vizinha e poderosa potência militar e económica.
«O governo de George Bush decidiu impor novas e mais gravosas medidas contra o povo e a economia cubanos que se traduzem em dificultar as relações de imigrantes legais cubanos, residentes em território dos EUA, com os seus familiares, restringindo visitas regulares e impedindo a livre remessa de dinheiro recebido dos seus empregos, como sempre se verificava e agravando as sanções às empresas que mantém relações comerciais com congéneres cubanas», lê-se no abaixo assinado.
«É tempo de se por termo a tanta violência, ilegalidades e ingerências perpetradas contra um povo democrático e soberano. Por isso, os abaixo-assinados exigem a cessação das recentes acções decididas pelas autoridades norte-americanas e que são violadoras dos direitos de liberdade de circulação de pessoas e bens e exigem o fim do bloqueio», conclui o documento da Comissão Portuguesa para a Libertação dos Cinco Patriotas Cubanos.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: