«Tirem-me dos buracos»
Os municípios de Avis, Benavente, Coruche, Mora e Ponte Sôr reuniram-se, sexta-feira, num protesto simbólico, contra o estado das estradas nacionais que os ligam à ponte Vasco da Gama e à região de Setúbal.
Vestindo coletes de cores fluorescentes, autarcas dos cinco concelhos entregaram, durante a tarde, mil postais aos automobilistas que passavam pelo cruzamento de Monte da Barca, em Coruche, onde entroncam as estradas nacionais 119, 251, 114.
Com uma fotografia de um enorme buraco e o esquema das estradas em causa, o postal, intitulado «Tirem-me dos buracos», vem selado no verso, deixando espaço para os dados dos automobilistas que, na generalidade, se comprometeram a preenchê-lo e a colocá-lo no correio, dirigido às entidades competentes.
Em declarações aos jornalistas, o presidente da Câmara Municipal de Mora, José Manuel Sinoga, considerou «um escândalo» o estado destas estradas, sobretudo numa altura em que «tanto se fala de desenvolvimento do interior do País».
Segundo o autarca comunista, o seu concelho está cansado das promessas da construção do itinerário complementar 13 e, enquanto ele não se faz, que o Instituto de Estradas de Portugal arranje o que existe, «porque estas estradas não vão aguentar o próximo Inverno».
José Manuel Sinoga lamentou ainda que a direcção de estradas de Santarém nem sequer tenha respondido aos ofícios e ao CD com fotos que retractam o estado da EN251 que enviou.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: