Homenagem a Lino de Carvalho
Lino de Carvalho e Sousa Franco, recentemente falecidos, foram homenageados pela Assembleia da República em sessão plenária destinada a evocar a sua memória.
Com a bandeira nacional colocada a meia haste na sede do Parlamento, em sinal de luto, ao acto, que decorreu na passada semana, assistiram das galerias familiares dos antigos parlamentares.
Sobre o deputado do PCP, oriundas de todos os quadrantes, foram proferidas palavras elogiosas, enaltecendo, entre outras qualidades, a sua «capacidade de diálogo».
Sousa Franco, por seu lado, foi lembrado como um «académico brilhante» e um «exemplo de cidadania», sendo também realçada – como sublinha o voto de pesar do PS aprovado por unanimidade - a sua «excepcional dimensão intelectual científica e pedagógica».
Num voto de pesar do PCP, igualmente aprovado por unanimidade, depois de evocado o seu percurso de luta em favor de grandes causas, Lino de Carvalho é elogiado pelo trabalho desenvolvido na Assembleia da República, onde - sublinha o texto -, se destacou pela «convicção e brilhantismo das suas intervenções, pelo profundo conhecimento das matérias, pela cuidada fundamentação das propostas, pela constante ligação à vida e aos problemas das populações e do País».
«Lino de Carvalho deixará na memória de todos a lembrança de um comunista, um cidadão e um democrata com enormes qualidades. E deixará na Assembleia da República a memória de um deputado no mais nobre sentido da função, que cumpriu deforma exemplar até ao limite das suas forças e que muito prestigiou», refere o voto de pesar.
O líder da bancada comunista, Bernardino Soares, agradeceu as mensagens de pesar dos restantes grupos parlamentares e lembrou Lino de Carvalho como «um magnífico deputado e dirigente do PCP».


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: