CGD bloqueia negociação colectiva
Os trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos levam a cabo, hoje e amanhã, uma jornada de luta contra o bloqueio da negociação colectiva, imposto pelo banco. O protesto, promovido pelo Sindicato dos Trabalhadores das Empresas do Grupo CGD (STEC), consiste na ostentação de símbolos de luto por parte dos trabalhadores, bem como nos locais de atendimento público.
O STEC acusa a Caixa Geral de Depósitos de não querer negociar com os trabalhadores um acordo que seja digno e não humilhante para os bancários. Segundo o sindicato, os trabalhadores aspiram a um acordo que termine com as imposições de horários a bel-prazer pelas hierarquias, com o aumento dos ritmos de trabalho e com as transferências sem regras nem razões. O STEC exige ainda a uma mais justa repartição dos «lucros que todos produzem». Mas tudo isto é inviabilizado pela administração do grupo, que utiliza «todos os argumentos, mesmo os mais ilegítimos» para protelar qualquer solução desta natureza.


 Versão para imprimir            Enviar este texto            Topo

Outros Títulos: